terça-feira, agosto 29, 2006

Crónicas Americanas 2: Cody (Wyoming)


Cody é uma cidade de montanha à entrada do Parque Nacional de Yellowstone, mas é mais conhecida por ser a terra adoptiva do famoso William F. Cody (aka Buffalo Bill)(1846-1917), um personagem marcante do Oeste Americano e o exemplo acabado do espírito empreendedor dos Americanos. Sozinho, tornou-se responsável pela visão que os Americanos formaram do Oeste, ainda antes da era do cinema, da rádio e da televisão. No saloon que podem ver na fotografia de cima, agora restaurado para acolher turistas e motoqueiros, Buffalo Bill, Calamity Jane, Annie Oakley e outras figuras míticas do velho Oeste comiam, dormiam e, sobretudo, bebiam!

Por volta de 1880, Buffalo Bill montou um circo ambulante a que chamou Wild West e com o qual encenava as batalhas do passado entre cowboys e índios. O show foi crescendo e, no seu auge, incluía brancos, índios (o famoso chefe Touro Sentado!), negros, orientais e indianos, para além de uma panóplia de animais, desde o bisonte americano (búfalo) ao elefante asiático. Uma verdadeira excentricidade megalómana para a época.

William F. Cody encanta-me e decido aprender mais: compro uma autobiografia e vou visitar a Galeria de Arte adjacente ao Buffalo Bill Historical Center. Fico CHOCADO: o brilhante e extravagante pintor do expressionismo abstracto, Jackson Pollock , é natural de Cody! Sim, o revolucionário Pollock nasceu nesta terra perdida no Oeste!

Bem, ala para o Yellowstone que se faz tarde!

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger ∫nês said...

A sério?
Uma pessoa está sempre a aprender!

4:58 da manhã  
Blogger AEnima said...

eh impressionante o numero de artistas que vem destas terriolas... Kevyn Aucoin eh de Laffayette, Louisiana, Michael Stipe e mais controverso ainda, o seu ex-namorado Casey Spooner de Athens, Georgia... o nosso proprio Antonio Variacoes eh de Vila Verde!

Conhecendo Columbia, SC, percebo porque. A sociedade reprime tanto tudo quanto eh diferente e fora dos padroes standard cristaos protestantes que aqueles de caracter mais forte tem necessidade de sair e se afirmar no mundo pelo que sao. Infelizmente, os menos impetuosos tendem a suicidar-se...

6:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home