sexta-feira, setembro 01, 2006

Crónicas Americanas 3: Parque Nacional do Yellowstone


O Parque Nacional de Yellowstone é a jóia da coroa dos parques nacionais dos Estados Unidos. Absolutamente maravilhoso. Uma paisagem composta por géisers, fumarolas e nascentes de água quente torna o Yellowstone um local quase único no mundo, apenas comparável a certas áreas na Islândia e na Nova Zelândia. A razão deste cenário é a gigantesca cratera vulcânica com aproximadamente 3500 quilómetros quadrados que é totalmente abarcada pela delimitação do Parque. As erupções vulcânicas sucedem-se em intervalos de aproximadamente 600 milhões de anos. A primeira há 2 milhões de anos, a segunda há 1,3 milhões e a última há 640 milhões de anos, pelo que a próxima poderá estar iminente. Das dezenas de exemplos possíveis, o mais famoso dos elementos desta “explosiva” paisagem é o géiser “Old Faithful” (“Velho Fiel”), que, fazendo jus ao nome, permanece activo de 90 em 90 minutos.

A vida selvagem é abundante e diversificada: bisontes, alces, veados, ursos pretos e grizzlies, lobos, coiotes, cisnes trombeteiros e pelicanos. O mais incrível é que muitos destes animais se passeiam pelo Parque sem qualquer receio dos seres humanos (e dos automóveis). Os bisontes, em particular, são tão aparentemente dóceis, que não surpreende que tenham sido caçados quase até à extinção. O cenário da foto é esclarecedor.

Menos espectacular, mas de uma serenidade idêntica à sua dimensão, é o Yellowstone Lake. É o maior lago de montanha da América do Norte, com 32 quilómetros de comprimento, 22 de largura e 50 metros de profundidade média. A temperatura média à superfície em Agosto é de 12 graus centígrados. Os seus habitantes mais conhecidos são as trutas, de uma espécie nativa, que servem de alimento aos pelicanos brancos que também abundam pelo Parque.

Aproveitei a margem do lago para recuperar forças e absorver inspiração neste local magnífico.

Etiquetas:

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Obrigado por partilhar coisas tão bonitas connosco. Aproveito para, embora tardiamente, dar os parabens pelo aniversário do blog! Octávio Lima (ondas3.blogs.sapo.pt)

8:08 da tarde  
Blogger Rosa dos Ventos said...

Isto é que é turismo "à séria"!
Boa informação, belas imagens!

9:25 da tarde  
Blogger ∫nês said...

Já estou mesmo a ver a quem vou pedir indicações e direcções quando quiser visitar estas bandas ;)

4:53 da manhã  
Anonymous Pecola said...

De encher o olho e a imaginação, mais uma vez.. Tenho mesmo de ganhar o jeito para planear uma coisa destas dimensões. Acabo por deixar as coisas para a última e fico.me pelos trajectos turísticos. Se bem que o facto de não ter pouso fixo por mais de 10 meses também tem influenciado bastante..

E, já agora, adorei as fotos até agora (há muitas mais, não há? ;) ;) eheh), a dos bisontes está fenomenal.

Beijinhos.

12:31 da tarde  
Blogger jj said...

Estudei e estudo em Houston (dai a ausencia dos acentos cedilhas e afins). Tambem me revejo no que escreves e nas fotos - fantasticas - exibidas neste blog. E sublinho: ir ao BIG BEND e preciso!!! :)

Jinhos,

Joana

9:29 da tarde  
Blogger Jazz Manel said...

Espero um dia poder andar por essas bandas...essa é a América que eu gostava de conhecer.

11:31 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

adorei o blog...tou a fazer um trabalho sobre isto e por isso resolvi passar por aqui,e,digo já,que fiquei muito esclarecida...

bjs

8:19 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home