sexta-feira, outubro 26, 2007

3. La Valée (1972) - Barbet Schroeder

No que toca a obscuros objectos de desejo, La Valée de Barbet Schroeder é ainda mais difícil de encontrar do que More, o primeiro filme destas crónicas. Desta vez, os hippies de Schroeder viajam até à longínqua e francamente desconhecida Papua Nova Guiné e encontram a mulher de um diplomata francês, Viviane, obcecada pelas penas das exóticas aves-do-paraíso e com demasiado tempo para gastar. À boa maneira francesa, Viviane toma um dos rapazes como amante e, juntamente com os restantes hippies, embarca numa viagem à procura das ditas penas e do vale "obscurecido pelas nuvens" (Obscured by Clouds é o título do álbum dos Pink Floyd que contém a banda sonora deste filme). Ao longo do seu percurso pelo interior da Nova Guiné deparam-se com tribos indígenas que contactam pela primeira vez com a civilização ocidental e com o "homem branco". Ignorando a Papua Nova Guiné enquanto país, senti-me motivado, após a visualização do filme, a procurar mais informação sobre esta nação do sudeste asiático.
O mito do "bom selvagem" é o tema filosófico, mas num ambiente tão excêntrico quanto misterioso, o que fica é a componente quase documental de alguns momentos. Durante largos períodos do filme somos confrontados com um relato quase antropológico da tribo dos Kambouga, sugerindo claramente uma nostalgia do movimento hippie pelo Homem pré-contaminação da civilização ocidental. No entanto, o realismo regressa ao relato quando Olivier, acometido por um momento de lucidez, recorda Viviane que também na tribo há regras de comportamento rígidas, obediência cega ao tabu e exploração laboral e sexual das mulheres, que tornam a vivência muito menos romântica da que é sugerida pelo mito do "bom selvagem".
Muito menos directo do que More, La Valée provoca no espectador uma sensação mais reconfortante, talvez pela absoluta serenidade que trespassa toda a obra, demonstrada pela total ausência de violência física ou verbal.

Etiquetas: ,

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Meu caro amigo, em seu comentário sobre o filme More, você postou um vídeo do You Tube. Talvez seja interessante postar algum sobre o comentário do filme La Vallée. No You Tube achei dois vídeos. Não estou postando os links porque não gosto de passtar links para segurança de quem está recebendo a mensagem (tem gente que envia vírus assim). Um grande abraço. Marcio Renné (renneleal@hotmail.com) - Recife - Pernambuco - Brasil

8:33 da tarde  
Blogger FRED BENNING said...

FALA FERNANDO,TUDO BOM!
GOSTARIA DE SABER ONDE POSSO ENCONTRAR ESSE FILME PARA BAIXAR.
EU ENCONTREI PELO EMULE,MAS O COMEÇO ESTÁ UM POUCO ESTRANHO,NÃO SEI SE ESTÁ COMPLETO.
SE VOCÊ SOUBER POR FAVOR ME DÁ UM TOQUE.

OBRIGADO!

OBS:ESTÁ CONVIDADO À VISITAR O MEU BLOG.

www.musicaquemudouomundo.blogspot.com

ABRAÇO

FRED BENNING

3:32 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home